Começa o Encontro Nacional das Universidades Renovadas
4 de setembro de 2014
Unidos à Cristo e à RCC-Pregação de Katia Zavaris Enur 2014
6 de setembro de 2014

Uma síntese da pregação de Fernando Galvani, na sexta-feira dia 05 de setembro de 2014, durante o ENUR-2014

Na manhã de sexta-feira do ENUR, dia 5 de setembro, Fernando Galvani, o Mococa, que recebeu no início a palavra que traz o sonho de Deus, falou sobre a identidade das Universidades Renovadas sob o tema “Um só coração”. Com uma reflexão abrangendo os 20 anos de existência do movimento nas universidades, ele traça cinco características necessárias para “termos um só coração com todas as gerações”.

Fernando é marido da Elen, pai de três filhos e médico veterinário formado pela UFV – Universidade Federal de Viçosa. Durante um encontro de carnaval da Renovação Carismática Católica (RCC) em 1994, em Viçosa, ele partilha a palavra de At 5,28 e a visão da sua universidade renovada pela doutrina de Jesus Cristo. Daí começam a surgir grupos de oração da RCC nas universidades, que já teve o nome de Secretaria Lucas, e por isso são chamados de luquinhas. De Projeto Universidades Renovadas veio a ser Ministério Universidades Renovadas, e hoje este sonho se propaga por várias universidades e se encontra também em outros países.

Com a leitura de Ez 11,14-21, primeiro é destacada as realidades daqueles que “estão longe da casa do Senhor” nas universidades, são realidades que incomodam e devem incomodar: droga, bebida, pessoas que perdem a vida, teorias e projetos de pesquisa contra a vida. Mas também é dito na palavra que “É a nós efetivamente que pertence esta terra.” Com esse sentimento de propriedade, que a universidade pertence a cada um, uma terra dada a cada um pela herança com Deus, é que o luquinha deve se lançar à missão de evangelização na universidade.

Características das Universidades Renovadas

É necessário um espírito missionário, e como exemplo, vemos Dom Luciano Mendes de Almeida, já falecido e em processo de beatificação. Dom Luciano foi arcebispo de Mariana por dezoito anos, teve uma grande causa com os sem tetos de São Paulo, e tomando emprestada a frase no discurso da sua missa de posse: “Enquanto tiver uma pessoa na nossa realidade do Brasil, da nossa diocese, sem teto, você não pode dormir em paz.”, Mococa diz aos luquinhas: “Enquanto tiver um universitário na sua faculdade que não foi evangelizado, você não pode ficar em paz.” 

“Somos chamados a ser luz na universidade. Devemos evitar exagero no estereótipo, no exterior, mas ter ousadia pra ir onde precisa (ir a quem usa droga, ir à república com vida desregrada, ir a quem tem problema de família). Ir a estas pessoas que precisam de nós, com simplicidade, serviço, sorriso, desejo de estudar junto com quem está com dificuldade, desejo de rezar com quem está na droga, desejo de escutar quem tem problema de família, desejo de estar junto, de ser comunhão, de ser um só coração com seus colegas.”

É preciso também ter vida fraterna, e Fernando Galvani diz: “Nós nos vemos a uns com regularidade, a outros ficamos anos sem nos ver. Mas quando a gente encontra, um abraço reacende tudo no nosso coração. Isso gera dentro de nós sentimentos muito gostosos de fraternidade que somente a vida no espírito gera.”

O profetismo, também uma das características, é como o empreendedorismo, precisa gerar o novo: “O espírito incomoda o coração diante desses desafios. Tome decisões que mudam a sua vida. Construa relacionamentos de verdade, não faça a comunicação da superficialidade.”

Como parte do movimento da RCC, quem é Universidades Renovadas, é carismático. Carismático vive consultando o Espírito Santo. Gosta do jeito de viver proposto pelo Espírito a partir de pentecostes, e não tem medo de exercer os carismas, os dons espirituais, e deixá-los manifestarem.

E desde o início, universitários renovados são sonhadores: “Temos o sonho no nosso coração. O sonho de Deus para o mundo universitário, o mundo da cultura, o âmbito universitário.”, diz Mococa. O sonho, como descrito no evangelho, é encher a universidade da doutrina de Jesus Cristo. E completa: “A nossa Jerusalém é o mundo da cultura, é o âmbito universitário.”

Para ter um só coração com todas as gerações das Universidades Renovadas, é preciso: sonhar, ter um espírito e um coração missionário, desejar a vida fraterna, ser profeta e viver e praticar a dimensão carismática.

Comunicação MUR-Brasil