CREIO NA VIDA ETERNA
2 de novembro de 2014
GPP realiza RUAH
4 de novembro de 2014

Ruah 2014 na arquidiocese de Teresina foi um verdadeiro sucesso; partilha da coordenadora arquidiocesana do MUR

A Semana Missionária 2014 foi um sucesso na arquidiocese de Teresina. A Semana de atividades foi de 20 a 24 de outubro, mas teve GOU que vivenciou o mês inteiro de missão.

Confira abaixo o testemunho de Cecília Adanielle, coordenadora arquidiocesana do MUR e do GOU São Miguel Arcanjo e Santa Joana D’Arc. O GOU referido se reúne todas as quintas-feiras no Campus Poeta Torquato Neto da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) em Teresina.

Partilho com vocês a graça que foi viver este mês no meu GOU e viver a Semana Missionária (Ruah) de 20 a 24.

No nosso GOU abraçamos o mês inteiro e a cada semana fizemos uma atividade missionária. Saímos com cartazes: “Você tem um minuto?” “Jesus te ama”, “Sorria Jesus te ama”, “Você é precioso”, “Abraços grátis”…, pregamos cartazes em alguns pontos da universidade com mensagens querigmáticas, essa atividade mexeu com ‘um povo’ que não querem acolher a mensagem e revidaram escrevendo algumas coisas nos cartazes (risos), achei positivo isso, é sinal de que as pessoas leram a mensagem que estava sendo repassada. A semente foi lançada.

Fizemos uma Reunião de Oração numa lanchonete da UESPI (a dona da lanchonete é nossa parceira amiga). Algumas pessoas que estavam lá acabaram participando conosco, outras ignoravam, outras ainda ficavam com a cara: de onde é esse povo? Ela ficou muito feliz e nós mais ainda por que a semente foi lançada e o amor amou na “Lanchonete da Lili”. Nesse mês vimos muitas pessoas que se sentiram tocadas com a mensagem do amor de Deus, muita gente nova apareceu no GOU por conta dessas nossas atividades.

Na semana missionária (Ruah) vi e vivi o extraordinário, estava numa semana “aperreada” iniciando um pré-projeto (de TCC), seminário, situações pessoais, familiares… Travei um combate físico e espiritual, mas em meio a tudo isso eu decidi deixar o amor amar e, graças a Deus pude participar todos os dias. Lembro que um dia me sentia muito cansada (física e espiritualmente), sem forças, sem ânimo, mas, eu deixei o amor amar, e fui pra missão, quando cheguei lá, o extraordinário, ‘a minha força se manifestou na fraqueza’, saímos cantando nos corredores da universidade com cartazes anunciando e realizamos o GOUlaço, muitas pessoas foram tocadas, choravam… e no final fomos inundados com uma grande alegria. 

Ainda durante a semana missionária concedemos entrevistas nas rádios: FM Universitária (da UFPI), Pioneira (da Arquidiocese) e rádio CBN (do Sistema Globo de Rádio), novidade boa para o MUR-Teresina.

Louvo e agradeço a Deus por tudo que vivemos, e digo SIM a tudo que viveremos, por que as sementes foram lançadas! Agradeço também ao GPP que organizou o material de apoio, ao GOU Kairós que organizou a Santa Missa de encerramento e a todos que contribuíram para a realização do Ruah 2014. Que Deus abençoe!

Nesse Ruah aprendi: tem que abraçar para acontecer! Meu desejo é que possamos progredir no anúncio da Palavra de Deus, “para que o mundo todo, ouvindo, acredite na mensagem da salvação, acreditando espere, e esperando ame.” (Dei Verbum, 1)

Raurisson Ribeiro – MUR/Piauí