RCC Internacional realiza Festival de Louvor e Adoração na JMJ 2016

interpretes missionarios
FOCUS e juventude carismática na Missão Marajó 2016
4 de agosto de 2016
pattyemur
Carinho de Deus no Congresso Nacional da RCC/2016 e abertura do Jubileu de Ouro – Por Milena Assunção
31 de agosto de 2016
jmj20161
Em meio a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), dia 27 de julho na Plaz Wolnica em Cracóvia, Polônia, foi realizado o Festival Internacional de Louvor e Adoração organizado pela Renovação Carismática Católica Internacional (ICCRS), que contou com a presença da juventude carismática brasileira.
 
jmj20161O festival foi o primeiro realizado pelo ICCRS como movimento eclesial, com o pleno reconhecimento do Pontifício Conselho para os Leigos. O evento deste ano teve uma dimensão totalmente internacional, com a juventude do ICCRS como principal organizadora. Em anos anteriores, a RCC local do país anfitrião da JMJ foi sempre muito eficiente em organizar um evento que reflete a nossa Espiritualidade e Carisma, através dos quais servimos a Igreja. Este ano foi ainda mais especial, pois o evento foi reconhecido oficialmente pelos organizadores e teve um local no programa oficial da JMJ. Este evento também foi considerado como uma rampa de lançamento, ou melhor dizendo, um “Advento” especial  para as comemorações do Jubileu de 2017. 
 
A juventude carismática brasileira estava presente, com Luquinhas (membros do M. Universidades Renovadas), membros do Ministério Jovem e de outros ministérios da RCC Brasil. Fernando Gomes, coordenador do Ministério Jovem, teve um momento no palco, em que teve a oportunidade de motivar a juventude do mundo inteiro à abertura a uma nova experiência com o Espírito Santo ali mesmo na praça.
 
jmj20162Durante o evento também foi feita uma roda de oração entre os brasileiros, para agradecer a Deus pela oportunidade de estar na JMJ 2016 e em intenção de todo o Brasil e sua juventude. “Participar do Festival ICCRS foi um presente de Deus durante a JMJ. Um Pentecostes para todos nós. Me sentia como no Pentecostes clássico, unido a jovens do mundo inteiro. Senti a forte presença do Espírito Santo.” disse Glauber Resende, coordenador do MUR SE, descrevendo sua experiência. 
 

Para Samuel Fernandes, de São José do Rio Preto, SP, “foi muito impactante ver tantos jovens de várias nacionalidades se entregando à ação do Espírito em suas vidas. As músicas e bandas que estavam ministrando eram sensacionais! Mais forte ainda, foi ver nossa união – de brasileiros. Mesmo fazendo um momento de oração super corrido, enquanto orávamos pude sentir como que o Senhor derramando fogo em nossas mãos… o fogo necessário para tocar no povo dele aqui no Brasil. Via o Senhor nos encorajando e mojmj20163vendo-nos em nossas realidades. E ainda enquanto orávamos caia uma chuvinha bem fraca, mas que refrescava. E sentia o Senhor movendo “Esta chuva é a que estou a derramar sobre as universidades, sobre cada campo de missão no Brasil. Parece pouco o que vocês já fizeram até agora, parece pouco o que vocês têm caminhado, mas uma gota da minha graça já é suficiente para salvar, uma gota da minha misericórdia já basta para trazer vida à Terra de Santa Cruz; não deixem de clamar.” E durante todo o festival fiquei com o sentimento de gratidão. Gratidão pelo privilégio de ter encontrado irmãos tão abençoados (que eu nem conhecia antes), por vivenciar mais uma vez que MUR, MJ e RCC é família onde quer que estejamos; o privilégio de sermos escolhidos de Deus – por misericórdia e graça – para abençoar o Brasil.”


jmj20164E
o nosso coração estava e está cheio de alegria, por ter vivido esse momento tão especial junto com jovens carismáticos de todo o mundo. Por poder conhecer jovens de todo o Brasil, um pouco de suas histórias e como Deus foi bom ao providenciar tantas coisas para irmos e durante a JMJ. E depois voltar para casa, escutar a partilha do Pe. Samuel que serviu para nós (Karla e Marcela) como um alento, uma promessa e mais uma vez o cuidado de Deus, que derrama teu fogo nossas mãos e nossos corações. Então fecho este texto repetindo essas palavras, com o desejo que elas também possam inflamar à todos vocês, à todos nós.

“Esta chuva é a que estou a derramar sobre as universidades, sobre cada campo de missão no Brasil. Parece pouco o que vocês já fizeram até agora, parece pouco o que vocês têm caminhado, mas uma gota da minha graça já é suficiente para salvar, uma gota da minha misericórdia já basta para trazer vida à Terra de Santa Cruz; não deixem de clamar.”

por Karla Limoeiro e Marcela do Valle