Equipe Nacional do MUR se reúne em São Paulo

Milena Assunção fala sobre a RENS 2015
25 de outubro de 2015
rens1.jpg
RENS 2015
23 de novembro de 2015
rens1.jpg

rens1.jpgA cidade de Indaiatuba, na diocese de Campinas – SP, acolheu a Reunião da Equipe Nacional de Serviço (RENS) do Ministério Universidades Renovadas. Do dia 30 de outubro até o dia 2 de novembro, a equipe viveu momentos partilha, oração, escuta profética e vivência fraterna

O principal objetivo da RENS é encontro entre os coordenadoresestaduais, conselheiros, orientadores espirituais e o núcleo de serviço do MUR para ouvir de Deus o direcionamento do Ministério para o ano de 2016. “A unidade resume a RENS. Promover a unidade e orientar para que ela aconteça no ministério”, afirma a secretária do núcleo nacional, Karla Limoeiro.

Na reunião foram discutidos temas como cultura do encontro, fé e razão e unidade, além da partilha das realidades do MUR em todo o Brasil. Confira o que aconteceu em cada dia da RENS.

Sexta-feira

A RENS 2015 iniciou com uma missa de acolhida presidida pelo Pe. Heldeir Gomes, orientador espiritual do MUR Brasil. Na homilia, padre Heldeir falou sobre a importância do chamado Universidades Renovadas e a providência Deus para com aqueles que O servem. “Nada nesta vida se compara com Aquele que nos espera na eternidade”, motivou.

O padre também falou da necessidade do encontro com Jesus e como a RCC tem trabalhado essa necessidade através dos Seminários de Vida no Espírito Santo. “Por que a igreja tem insistido tanto nesse encontro pessoal com Jesus? Porque só através desse encontro é possível acontecer mudança de vida. E por que a Renovação Carismática tem insistido em fazer Seminários de Vida? Para dar as pessoas a oportunidade desse encontro pessoal com Jesus”.

A coordenadora nacional do MUR, Milena Assunção, acolheu os demais membros presentes e falou sobre os assuntos que seriam tratados nos dias seguintes de reunião.

Sábado

No sábado, padre Heldeir e Milena falaram sobre o tema da RCC em 2016 e sobre os direcionamentos que o movimento recebeu no conselho nacional. O tema é “Sede misericordiosos

como vosso Pai é misericordioso” (Lc 6,36). Em seguida, eles conduziram um momento de oração e escuta profética com todos os membros para, antes de qualquer decisão e discussão, ouvir a vontade de Deus para o Ministério Universidades Renovadas.

Logo depois, André Marino, do núcleo nacional de serviço, falou aos coordenadores estaduais do MUR sobre o “ser coordenador”, explicando a importância e atribuições dos líderes. O momento foi motivado pela grande porcentagem, 60%, de novos coordenadores participando da RENS.

Karine Estevam, coordenadora do estadual do MUR Ceará, e Suelen Souza, coordenadora estadual do MUR Rondônia, trouxeram um diagnóstico sobre os pontos decididos na última RENS. Coletaram informações do que foi desenvolvido nos estados e trouxeram os resultados alcançados. Os tópicos abordados foram: estado permanente de missão, encontros de lideranças, mês missionário, RUAH, missões de junho e julho no Marajó, desafios e frutos de cada estado e equipe nacional.

Após a apresentação, foi aberto um momento de partilha entre grupos menores para que cada coordenador pudesse partilhar um pouco de sua realidade como profissional, universitário, familiar e demais assuntos que considerassem importantes.

rens2.jpgNo sábado a noite, foi celebrado o primeiro ano de sacerdócio do pe. Heldeir. Após a Santa Missa, alguns irmãos fizeram homenagens e agradecimentos por todo o cuidado e carinho que pe. Heldeir tem pelo movimento e por nosso ministério. “Não tenho dúvida desse chamado, prova disso é que me sinto plenamente realizado como sacerdote, na celebração da eucaristia, no atendimento ao povo, na correria do dia”, ressaltou o padre. Fernando Galvani conduziu o momento final de oração e louvor pela vida do sacerdote.

 

 

Domingo

Lucas Torres, ex-coordenador nacional do MUR e atual conselheiro nacional, também esteve presente na reunião. Em sua fala, acolheu os novos coordenadores, partilhou o novo que tem vivido, sonhos para o futuro e aquilo que o ministério proporcionou em sua vida, “O ministério foi o lugar em que eu me encontrei e também fez minha família se encontrar, e isso não tem preço”, partilhou.

Em outro momento, foram divididos grupos de trabalho que abordaram Fé e Razão, Cultura do Encontro, Unidade e comunicação intra equipe. Cada coordenador pode trazer um pouco da experiência vivida no seu estado e propor algum trabalho ou atividade para o ministério a nível nacional.

Na parte da tarde, Caroline Zanon, comissão Ad Gents, e Angelica Reis, coordenadora estadual de Minas Gerais, falaram sobre os profissionais e formados. Caroline trouxe uma retrospectiva histórica do trabalho com formados desde 2002, “O anseio era reunir aqueles que estavam se formando e pensar como poderiam trabalhar” destacou.

Em 2013 aconteceu uma reunião onde estava presente Reinaldo Bezerra, um dos precursores da RCC. A partir dela, foi discernido que haviam trabalhos diferentes dentro do MUR para a mesma questão dos formados e profissionais. A Comissão Nacional de Profissionais (CNP), ainda dentro do MUR, trabalhava com a evangelização no mundo do trabalho enquanto a identidade ministerial chamava o MUR a trabalhar no âmbito universitário. A partir daí, através de reflexões, foi elaborado um documento de direcionamentos em outubro de 2014. “ele nos trás uma reflexão de qual é o nosso chamado como universidades renovadas, que é o de evangelizar o âmbito universitário” explicou Karol, além de sugestões de trabalho para os grupos de partilha de profissionais, o GPP. Com isso, aqueles que se formam passam a escolher qual opção pastoral seguir: o mundo do trabalho ou o âmbito universitário. Isso é valido também para aqueles que não passaram pelo ministério no tempo de universidade. 

Segunda

rens3.jpgNo último dia de reunião, Milena Assunção, coordenadora nacional do MUR, fez uma síntese do que foi a RENS 2015. “Posso afirmar que a reunião da equipe nacional foi movida por três pilares: unidade, maturidade e ir ao encontro. Todos nós somos chamados a vivermos unidos neste tempo de missão, a nos conhecermos e amar o nosso irmão mesmo com suas limitações. É unidos que conseguiremos avançar em prol do mesmo objetivo, evangelizar o âmbito acadêmico. Eis um tempo onde o Senhor pede a nós maturidade, responsabilidade como servos. Precisamos ter zelo e dedicação pela obra que é de Deus. Sejamos comprometidos com o nosso chamado. E diante deste sentimento de unidade e maturidade desbravaremos novos horizontes, sairemos ao encontro daqueles que necessitam de nós. O ir ao encontro requer um despojamento e uma abertura de coração por nossa parte, pede a nós que sejamos misericordiosos com os outros, e esta moção confirma o direcionamento do nosso movimento/RCC para 2016: “Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso” (Lc 6,36)”, lembrou Milena.