CREATE ACCOUNT

*

*

*

*

*

*

FORGOT YOUR PASSWORD?

*

Insistência transborda em graça

Conheci a Renovação Carismática Católica (RCC), com 16 anos, através de minha irmã e contra minha vontade. Era engraçado meu modo de pensar sobre esse Movimento, achava que não me sentiria bem com um bando de “doidos”. A primeiro instante, é esse o pensamento que temos, quando conhecemos, porém, Deus se manteve firme e nunca desistiu do meu ‘SIM’. Após um tempo, com muita insistência, minha vida mudou completamente e, ali, conheci o verdadeiro amor que vem do céu. Acabei me tornando daquele jeito que via os outros, doida por Jesus. 

Ao me tornar acadêmica, no curso de Enfermagem, senti que faltava algo naquele Campus e, também, havia algo estranho lá. Em um dos locais da universidade, com várias árvores, sentei e senti um tremor no corpo, em seguida, rezei uma Ave Maria e entreguei aquela sensação nas mãos de Deus. Logo depois, vi uma árvore querendo pegar fogo e pensei que fosse coisa da minha cabeça, pois ninguém viu nada. Até então, fiquei na minha, sem entender o que aconteceu.

tHAINA

Com o passar do tempo e, pela oração, tive o discernimento de que aquela imagem que vi, era a ausência de um Grupo de Oração (GO) e teria de aceitar algum tipo de missão que viria pela frente. Posteriormente, participei de um retiro para servos e, na época, decidi conversar com minha coordenadora sobre essas coisas estranhas que tinham acontecido, antes mesmo de falar, ela me interrompeu e disse que já sabia o que eu queria. De momento duvidei. Porém, ela insistiu que sabia. Fiz aquela cara de dúvida, ela sorriu e disse “É sobre o GO na faculdade? ”, apenas confirmei e segui me questionando "como ela sabe disso? Quem contou? O que está acontecendo?".

Seguidamente conversamos e ela passou meu contato para o coordenador da diocese de Crato-CE do Ministério de Universidades Renovadas (MUR). Contei tudo a ele e marcamos uma reunião. De início, me sentia estranha, mas fizemos partilhas e surgiu convite de irem na universidade e darem início ao Grupo de Oração Universitário. O que me deixou para lá de feliz e animada. Todo GO precisa de um nome e, com a benção de Deus, ajuda dos irmãos e o Ofício da Imaculada Conceição, fundamos GOU 'Torre de Marfim', na UNILEÃO.

A profecia para nosso GOU, foi de ser forte como uma rocha, mas suave como um marfim, pois estaria emanado nos braços da Virgem Maria. Eu, Thainá Mendes, sou realizada e feliz por concretizar o desejo de Deus. Se hoje não compreendemos as coisas, com o tempo veremos o toque do Pai. A família MUR me acolheu de braços abertos e eu a cultivo com muito amor no coração. Salve Maria!

 
tHAINA

Compartilhe essa página

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

TOP